Skip to main content

Lenço palestino

keffieh_asosTem muita gente usando esse lenço na balada e achando que está fazendo um sucesso tremendo. O keffiyeh (lenço palestino) foi apresentado pela primeira vez na coleção outono-inverno 2007-2008 da grife Balenciaga. Depois dessa apresentação alguns famosos como David Beckham passaram a incluir no guarda-roupa.

Antes de continuar ateando fogo nessa peça, um pouco de história: esse lenço tem conotação política e cultural para os árabes e desde os anos 60 representa o nacionalismo palestino. Sua utilização é para proteção do forte sol e em tempestades de areia.

Definição pela Wikipédia

Keffiyeh é o nome dado ao pano usado na cabeça pelos homens no Médio Oriente, tipicamente branco e preto pelos beduínos, branco e vermelho pelos habitantes da Jordânia (geralmente possui cordões de algodão) e da Arábia Saudita e branco imaculado pelos homens das cidades. O Keffiyeh, frequentemente soletrado kaffiyah, keffiya, kaffiya ou ainda kufiya encontra-se associado ao movimento nacionalista palestiniano desde a Revolta Árabe e posteriormente devido à sua adoção pelo ex-líder palestiniano Yasser Arafat.

Não consigo ver esse lenço amarrado de forma triangular no pescoço como acessório da moda masculino. Para mulheres fica bem bacana, agora para os homens ele acaba com o “que” de masculinidade. Basta notar quais são os grupos culturais que andam saindo com ele na balada e você irá me entender…


Leandro

Leandro, designer de eventos. Escreve sobre todas as novidades e tendências que interessam. Tecnologia, novos gadgets, moda, cuidados para o corpo, carros e filmes. Tudo que envolva o universo masculino e seu comportamento. Fale com o autor deste post pelo Twitter: @adamascado ou no Facebook.

9 comentários em “Lenço palestino

  1. A questão não é estetica, mas esses lenços são quentes. Devem deixar o pescoço mega suado. Enfim um nojo! E o perfume vai embora. Pra quem é alérgico então nem se fala. Já basta a gravata, coisa mais ridicula e inutil que existe prum país tropical e o blazer, agora mais essa imbecilidade dos fashionistas.
  2. Não vejo problema em usar o lenço palestino, o interessante é que quem começou com isso é um homem: Yasse Arafat… da Palestina.!
    Muita gente pode ir contra… mas cada um tem a sua opinião e o direito de usar o que quiser.!
    E Não faz nenhum calor no pescoço e não fica nojento..! Para usar no calor, tem que saber dar o laço certo.
    Vc pode até não gostar da idéia desse tipo de moda, mas pelo menos o minimo que vc deveria fazer é respeitar!
    Não somos tds iguais e não devemos ter opiniões iguais.!

    Respeito a opinião de cada um, desde que respeite a minha.!

  3. em q momento nao houve respeito?
    ele so falou que nao acha legal! ponto.
    respeite a opinião dele tb.

    o mais engraçado de tudo é que qnd qualquer pessoa vem falar que nao gosta disso ou aquilo em alguma tribo específica, todo mundo ja acha que tal atitude é preconceito. e nao é!ninguem aki ta ferindo respeito de ninguem…

    ps: acho o lenço legal. mas nao me vejo usando tal acessório. sabe aquela calça que fica legal no seu amigo, mas vc sabe que vc se sentiria muito estranho dentro dela? com o lenço seria a mesma coisa

    1. Artigo preconceituoso SIM!
      ''agora para os homens ele acaba com o “que” de masculinidade. Basta notar quais são os grupos culturais que andam saindo com ele na balada e você irá me entender…'' Se essa frase do artigo acima nao é preconceituosa, eu sou um zero a esquerda em interpretação. Fora as … (reticências)
  4. Mas tem uma turma de sionistas no orkut que não para de incomodar
    até o Christian da dupla Christian & Ralf foi chamado de anti-semita
    os nomes desses cara é Samuel Groissmn e Enoch Doranson Katz
    mas quem quiser veja o que eles escreverão sobre keffiyeh no orkut
    na comunidade eu sou contra a causa palestina
    tirando o incomondo dos sionistas mocorongo
    vamos pregar a causa palestina
    VIVA A PALESTINA LIVRE
  5. Veja o tom pejorativo e todos vão entender pq esse tópico sobre " homens na balada de Keffiyeh" pode ser substituido facilmente por " homens gays na balada q usam keffiyeh"
    tenso isso aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*