Skip to main content

Tatuagem não aumenta risco de câncer de pele, diz médico americano

03Achei interessante a matéria publicada no New York Times, não só pela relação de tatuagem e câncer, mais sim sobre marca de nascença, pois como publicado, as pessoas costumam usar a tatuagem para sobrescrever algum tipo de marca (assim como fiz).
De acordo com o médico entrevistado, “não há relação, sem sobra de dúvida” entre câncer e tattoo. Dermatologistas apenas recomendam deixar uma área de pele saudável ao redor da marca de nascença. No meu caso mesmo eu não escondi a marca e sim “organizei”. Hehehe.

Na foto: Gustavo Albanese, finalista do concurso Garoto Fitness 2009.

Leandro

Leandro, designer de eventos. Escreve sobre todas as novidades e tendências que interessam. Tecnologia, novos gadgets, moda, cuidados para o corpo, carros e filmes. Tudo que envolva o universo masculino e seu comportamento. Fale com o autor deste post pelo Twitter: @adamascado ou no Facebook.

3 comentários em “Tatuagem não aumenta risco de câncer de pele, diz médico americano

  1. Mais uma vez sou obrigado a ser o chato: a falta de evidências não é sinônimo da evidência da falta…

    Mas no caso das tatoos, pela experiência empírica, sabe-se que o risco é só de infecções se feitas sem critérios cirúrgicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*