Skip to main content

Transpiração precoce atrapalha na hora da conquista

Quando o homem se aproxima de uma mulher e começa o jogo de sedução, o corpo tem sinais que podem ser definitivos para receber uma resposta positiva ou negativa. Quem nunca prestou atenção na linguagem corporal e no próprio visual nestas ocasiões pode começar a repensar algumas atitudes. Em pesquisa encomendada ao IBOPE, AXE foi a campo e conversou com 196 representantes de cada sexo, das cinco regiões brasileiras, com idade entre 16 a 24 anos, para demonstrar em números erros e acertos destas situações.

A visão delas:
Antes de “chegar” em uma mulher, os homens devem fazer um check-up na higiene pessoal e no visual. O estudo revela que, para 76%* das pesquisadas, o fato deles estarem muito suados ou marcados embaixo do braço é determinante para que elas desistam dele, o que também foi detectado como demonstração de nervosismo. Esta ocorrência é tão incômoda quanto eles estarem com o cabelo sujo e ensebado (83%*), terem pelos no nariz e na orelha (76%*), estarem com as unhas compridas (78%*) e mal vestidos (69%*).

Quanto maior a renda e escolaridade mais as mulheres se incomodam com o suor: 83%* das de classe AB dizem se incomodar com isso, enquanto que, entre as de classe DE, o índice é de 71%*.

O estudo ainda detectou que as garotas do Sul e do Sudeste são as mais incomodadas com a maneira com que os meninos se vestem: 74%* dizem que, caso estejam mal vestidos, este é um motivo para desistirem deles, contra 63%* das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Estas são também as duas regiões onde elas mais se preocupam com cabelos sujos: 87%* dizem ser um empecilho, contra 77%* das outras três praças.

Elas também querem homens mais seguros e sem transpiração precoce, o que acontece quando, diante de uma situação tensa, eles começam a produzir mais suor que o normal. Sete em cada dez mulheres acreditam que o suor demonstra que eles estão nervosos ao tentar conquistá-la. O mesmo número tem esta percepção quando ele diz coisas sem sentido, não olha nos olhos, gagueja e tem as mãos trêmulas.

“AXE é mundialmente reconhecida por auxiliar os homens no jogo da conquista. Então, resolvemos checar de perto o que eles e elas estão reprovando nestas situações. Vimos, por exemplo, que a transpiração é prejudicial para os dois, pois impede que os garotos abordem as meninas e os tornam menos atraentes diante delas”, diz Rafael Lopes, gerente da marca no Brasil.

A visão deles:
Apenas 11% dos homens dizem nunca ter passado por uma situação de transpiração precoce, o momento trágico em que a tensão produz a conhecida pizza embaixo do braço e que, segundo as mulheres, podem fazê-las desistir de tudo. Oitenta e nove por cento dos entrevistados já passaram por esta situação pelo menos uma vez e, para 9%, isso acontece sempre.

E da mesma forma que elas os repelem por causa da transpiração, quando eles pretendem conquistar uma mulher, declaram que esta situação também os atrapalha muito. Oitenta por cento dos entrevistados afirmam que a transpiração os impede de alguma forma na hora da conquista. Para 22%, esta situação atrapalha muito. Este sentimento é ainda maior nos jovens de classe AB (28%) e das regiões Sul e Sudeste (27%).

Quando perguntados sobre como agem quando estão a caminho de conquistar uma mulher e percebem que estão com suor embaixo do braço, 76% mudam sua atitude, sendo que 37% deixam para falar com ela em outro momento ou até mesmo desistem. Apenas 24% diz que continua e vai até ela como se nada estivesse acontecendo.

*Critério utilizado: soma dos percentuais com notas entre 6 e 10.

Leandro

Leandro, designer de eventos. Escreve sobre todas as novidades e tendências que interessam. Tecnologia, novos gadgets, moda, cuidados para o corpo, carros e filmes. Tudo que envolva o universo masculino e seu comportamento. Fale com o autor deste post pelo Twitter: @adamascado ou no Facebook.

Um comentário em “Transpiração precoce atrapalha na hora da conquista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*